Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
Breaking News
recent

"A COMPESA e SUAS PIRRAÇAS: ABASTECIMENTO D'AGUA EM AFRÂNIO e DORMENTES SERÁ RACIONADO"

O período prolongado de estiagem vem causando transtornos também na área urbana dos municípios atingidos. É justamente por causa da seca que a Compesa decidiu implantar, em caráter de emergência, um sistema de rodízio na distribuição de água nas sedes dos municípios de Afrânio e Dormentes e nas comunidades de de Rajada, Pau Ferro, Boa Vista, Sitio Novo, Boi Morto, Consolação, Baixa Grande, Satisfeito, entre outras - todas abastecidas pelo Sistema Maria Tereza, localizado no perímetro de irrigação Maria Tereza, em Petrolina.

Segundo informações da assessoria de comunicação da Compesa, a partir de hoje (05) o atendimento a essas áreas será por meio de um sistema de rodízio, que irá funcionar 24 horas com água e 24 horas sem, para cada uma das localidades.


Além da questão climática e da escassez de chuvas na região, as adutoras da Compesa vêm sendo alvo da retirada ilegal de água para outros fins, que não são para abastecimento humano. Outra ação que tem prejudicado o abastecimento nessas áreas é a ação de pipeiros, que também estão retirando água das tubulações sem autorização da Compesa.


De acordo com o gerente regional da Companhia, em Petrolina, Reginaldo Lopes, ainda está sendo discutida uma ação de fiscalização ao longo de toda a adutora em conjunto com a polícia, para minimizar e coibir essas interferências no sistema de abastecimento. “Com isso iremos distribuir melhor a água e evitar que sobre para uns e falte para outros”, informa.


Investimentos


Paralelo a estas ações emergenciais, a Companhia já iniciou uma obra orçada em R$ 5,5 milhões para melhoria e ampliação de todo o sistema, que permitirá que a vazão distribuída passe de 50 litros/segundo para 63 litros/segundo, o que equivale a um incremento de quase 30% na vazão disponível atualmente.


A obra contemplará ainda a reativação do antigo sistema adutor da estação de tratamento d’água e da estação elevatória (sistema de bombeamento), localizado no Morro do Crioulo, em Petrolina. Nesta fase serão implantados ainda cerca de 3.500 metros de tubulação, com diâmetros que variam entre 150 e 200 milímetros; substituição de quase 9 mil metros da adutora do Sistema de Abastecimento d’água Maria Tereza, e a implantação e substituição de equipamentos de controle operacional, a exemplo de válvulas e registros ao longo de todo o sistema adutor, além da regularização das ligações das comunidades ao longo da adutora, onde serão implantados 26 mil metros de tubulação.


“Já estamos com obras de implantação de tubulação para regularização de ligações em andamento e deverão ser assinadas as ordens de serviços, nos próximos dias, da troca das adutoras e ampliação da estação de tratamento de água. O prazo para que toda a recuperação/ampliação seja concluída é de seis meses”, revela Reginaldo Lopes.

 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.