Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
Breaking News
recent

"NOTA DE ESCLARECIMENTO DA VERDADE ENVIADA POR CARLINHOS"

A assessoria de Carlos Cavalcanti Fernandes, Prefeito do Município de Afrânio e candidato à reeleição, vem a público restabelecer a VERDADE acerca de fatos envolvendo um mandado de prisão destinado ao mencionado prefeito, expedido na Comarca de Barro Duro, Estado do Piauí.

Inicialmente, cumpre esclarecer que a determinação da juíza piauiense, que culminou com a expedição do aludido mandado é totalmente arbitrária.

Isso porque, é do conhecimento de qualquer profissional com conhecimentos básicos de direito que o ocupante do cargo de Prefeito somente pode ser julgado pelo Tribunal de Justiça da Unidade da Federação respectiva, conforme regra estampada no artigo 29, X, da Constituição Federal, nas matérias de competência da justiça estadual, por gozar do chamado “foro por prerrogativa de função”.

Ou seja, no caso em apreço, o Prefeito Carlinhos deveria ser julgado perante o Tribunal de Justiça de Pernambuco, com sede em Recife, e não por uma juíza de primeira instância do Estado do Piauí.

Tudo isso nos leva a crer que a magistrada não tinha conhecimento do cargo ocupado pelo Sr. Carlos Cavalcanti Fernandes, tendo, muito provavelmente, sido induzida a erro por algum advogado inescrupuloso.

Ainda a título de esclarecimento, menciona-se que o processo em que foi expedido o aludido mandado refere-se a um acidente automobilístico ocorrido no ano de 1997, em que houve uma grave colisão entre dois caminhões, um dos quais conduzidos por Carlos Cavalcanti.

No acidente, duas pessoas morreram e Carlos Cavalcanti ficou preso nas ferragens por aproximadamente 05 horas, o que contraria as informações maldosas e levianas veiculadas nas redes sociais e imprensa, no sentido de que o Prefeito teria se evadido do local sem prestar socorro às vítimas. Além disso, faz-se oportuno salientar que o atual Prefeito de Afrânio ficou por três meses em uma cadeira de rodas e um ano com uma perna engessada, andando com ajuda de moletas.

O Prefeito Carlos Cavalcanti, ao contrário de muitos políticos de passado sórdidos e indecorosos, nunca figurou em páginas policiais, notadamente por não ter praticado nenhum crime que justificasse a expedição de um mandado de prisão. Muito pelo contrário, foi vítima de um acidente automobilístico que, não fosse pelas bençãos de Deus, teria colocado um fim em sua vida. Uma fatalidade, passível de acontecer com qualquer pessoa de bem.

No entanto, a Coligação adversária do Prefeito Carlos Cavalcanti, aproveitando-se friamente de uma situação de dor e de profundo pesar ocorrida há 14 anos, vem tentando, por meios sórdidos, confundir a população Afraniense, veiculando em carros de som pela cidade que o Prefeito está foragido da Polícia e que será preso no dia 08 de outubro, tão logo cesse a imunidade decorrente do pleito eleitoral.

Dessa forma, a presente nota tem o objetivo de informar a população da cidade de Afrânio e região que a juíza piauiense já foi informada da condição de Prefeito ocupada por Carlos Cavalcanti Fernandes e, conseqüentemente, da sua incompetência para julgá-lo, de forma que muito em breve deverá estar revogando esta prisão arbitrária.

Carlinhos é um homem de bem, homem de mãos limpas, tem Deus no coração e o povo bom e ordeiro de Afrânio ao seu lado, que não irá aceitar de forma alguma esta busca desenfreada e inconseqüente pelo poder.

FONTE: BLOG do Banana
LEIA MAIS: Clique aqui

 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.