Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
Breaking News
recent

"ACIDENTE EM TRECHO DA OBRA TRANSNORDESTINA CAUSA TRAGÉDIA EM PAULISTANA-PI"




Em nota ao público, divulgada na manhã deste domingo, a Construtora Norberto Odebrecht confirmou a morte de dois operários em acidente de trabalho ocorrido ontem (18/12), em um dos canteiros de obra da Transnordestina, no município de Paulistana. Além das duas vítimas fatais, um terceiro trabalhador está internado no hospital da cidade, em quadro estável.

Conforme a Construtora, outras 11 pessoas que trabalhavam no local sofreram ferimentos leves. A Odebrecht anunciou que está dando todo o apoio às famílias dos funcionários que atuam na obra, realizada em aliança entre a construtora e a Transnordestina S/A.

O acidente ocorreu quando os trabalhadores posicionavam uma viga em uma das ponte no município de Paulistana, por onde passará a ferrovia, considera a mais importante obra de infraestrutura do Nordeste. No Piauí, a ferrovia terá cerca de 400 km, entre Elizeu Martins e a fronteira com Pernambuco. O investimento é da ordem de R$ 1,4 bilhão.

A NOTA

É a seguinte a nota divulgada pela empresa, a partir de sua sede em Salvador:

“A Odebrecht lamenta informar que um acidente ocorrido na manhã de ontem, 18/12,  nas obras da Ferrovia Transnordestina, no trecho localizado na cidade de Paulistana (PI), provocou duas vítimas fatais e feriu um operário que está internado em um hospital de Petrolina, em condições estáveis. Outros 11 trabalhadores ficaram levemente feridos, receberam atendimento médico e já foram liberados. No momento, o esforço está concentrado a todo apoio necessário às vítimas e seus familiares. A Aliança TransnordestinaOdebrecht formará uma comissão para apurar as causas do acidente e vai apoiar o trabalho da polícia técnica.”

SECRETÁRIA DE TRANSPORTES ESTÁ ACOMPANHANDO ÁS VÍTIMAS

A Secretaria de Transportes do Estado e a Secretaria de Governo estão acompanhando de perto os acontecimentos. Ainda no sábado, o governador Wilson Martins – que está em São Paulo – foi informado dos detalhes do acidente. Ele determinou à Secretaria de Transporte que acompanhe de perto e dê todo o apoio necessário às vítimas e familiares.

Neste domingo pela manhã, a secretária Norma Sales viajou para o local do acidente. “Embora a execuço da obra não seja da responsabilidade direta do Estado, temos o dever de estar juntos”, disse Norma. Ela tem mantido conversações com a direção da Odebrecht. Também tem municiado a Secretaria de Governo e a Coordenadoria de Comunicação sobre a situação na obra.

Norma disse que tinha uma viagem programada para a região desde o início da semana. Mas o acidente precipitou a visita, agora com o foco específico de ver de perto o problema e dar suporte às vítimas.

A secretária explica que a Secretaria Estadual dos Transportes não tem responsabilidade sobre a execução e fiscalização da obra da Ferrovia Transnordestina, tarefa da alçada do Governo Federal. Ao Estado cabe a negociação e desapropriação de terras para a construção da Transnordestina.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.