Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
Breaking News
recent

"ALIADA DE FENDANDO BEZERRA COELHO O ACUSA DE CALOTE e DESVIO DE VERBAS"




A vereadora Maria Elena (PSB) esqueceu a ligação partidária e expôs o ex-prefeito de Petrolina e atual secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Fernando Bezerra Coelho, durante a sessão ordinária da Casa Legislativa nessa segunda-feira (08). A edil disse, sem pestanejar, que o Teatro Municipal não veio porque o político desviou as verbas para outros fins e deixou de pagar seu irmão, que havia ganhado a licitação da obra.

“Nós sabemos porque o Teatro não veio. Quem ganhou a licitação foi a Siqueira ‘num sei o quê’, uma empresa que é de meu irmão. Ele mandou Luna perfurar poço, colocou dinamite, um bocado de coisa e nunca pagou a parte de serviço porque desviou o pouco que saiu para os problemas da cheia daquela época. Ficou devendo até hoje. Rompimento de Luna Alencar e Fernando até hoje. Ou o senhor pensa que meu irmão vota em Fernando desde aquele período! O projeto, então, ficou sem financiamento. É bom que a opinião pública saiba disso”, alegou, apelando ainda para que atual prefeito terminasse a obra porque o redirecionamento da verba foi para uma calamidade pública.

A declaração inusitada foi feita após o vereador Dr. Pérsio defender o governo municipal das acusações, feitas por ela própria, de que o prefeito Júlio Lóssio (PMDB) estaria apenas ‘pintando paredes de postos de saúde e construindo creches’. Além de citar várias conquistas de Lóssio, o edil destacou que o poder público municipal já quitou R$ 36 milhões de dívidas do governo anterior e ainda paga, mensalmente, R$ 1 milhão de um empréstimo ao BNDES, que deveria ter sido direcionado para a criação de ruas e construção do Teatro Municipal.

“Esse dinheiro era para construir 500 ruas, construíram 200. Era para construir o Teatro Municipal, cadê o teatro de Petrolina? Eu não sei onde está o Teatro. Vamos discutir projetos, a LDO, vamos votar o pagamento dos servidores, o terreno das AMEs”, questionou Pérsio.

Para Maria Elena, a atitude de Pérsio deveria ser revista. “Ele fica enraivecido quando a gente aponta os problemas! Digo que sua defesa intransigente também nos coloca num papel de intransigência!”, ponderou.


MÉRITO & FONTE: SITE DA GRANDE RIO FM

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.